A Associação Beneficente Pássaros de Luz foi fundada no dia 12 de março de 2006, na cidade de Itajaí – SC por um grupo de profissionais e pais de crianças e adolescentes com seqüelas de paralisia cerebral, que buscavam formas de atendimento específico para as dificuldades e necessidades de seus filhos.

A entidade assumiu como Missão:

Implantar, difundir e desenvolver a Educação Condutiva, como proposta de atendimento especializado às pessoas com seqüelas motoras de paralisia cerebral e alterações afins, para alcançar a maior funcionalidade possível das pessoas que sofreram lesão cerebral, de forma a adquirir bem-estar e qualidade de vida, a ter acesso à atividade de estudo ou trabalho e, principalmente, a obter a máxima independência pessoal e social.

Esta Associação tem como objetivo:

– Atender crianças e adolescentes através dos programas de Educação Condutiva;

– Manter um espaço adequado ao funcionamento dessa proposta;

-Ter uma equipe formada por profissionais habilitados para o desenvolvimento dos programas de Educação Condutiva;

– Oferecer cursos de divulgação sobre os princípios teóricos e metodológicos da Educação Condutiva.

– Cuidar da capacitação e da formação continuada de seus profissionais;

– Oferecer orientação e acompanhamento aos pais ou familiares das pessoas atendidas.

Este grupo, ao tomar conhecimento sobre a Educação Condutiva, uma proposta de trabalho especial nessa área, desenvolvida na Hungria em meados do século passado, criou a entidade e passou a pesquisar e acompanhar os resultados desta metodologia naquele país e também no México e na Inglaterra.

Percebendo a potencialidade da prática e as reais possibilidades de mudanças na trajetória de vida e no desenvolvimento das pessoas com deficiência motora, o grupo mobilizou-se a buscar parcerias para a organização de cursos, para divulgar e finalmente implantar a proposta. Dessa iniciativa resultou a realização, em março de 2006, do 1º Curso de Educação Condutiva em Santa Catarina, ministrado pelo condutor Irving Ávila Ortiz, condutor mexicano, que atendeu seis crianças e adolescentes, com a participação de vinte profissionais brasileiros, vindo de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Este curso foi realizado em parceria com a APAE – Itajaí e contou com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Itajaí, da Fundação Catarinense de Educação Especial e do Instituto Guga Küerten, num expressivo movimento de integração dos poderes públicos com entidades da sociedade civil.

Em instalação cedida mediante convênio com a Prefeitura Municipal de Itajaí, as atividades efetivas com os alunos foram iniciadas no ano de 2007, atendendo um grupo de adolescentes, sob a supervisão de uma condutora contratada no México e contando com um grupo de facilitadores formados no 1º curso, trabalho que se configurou em uma pesquisa em parceria com a Fundação Catarinense de Educação Especial e o Instituto Guga Kuerten e cujos resultados foram publicados e estão à disposição na secretaria da Entidade.

Após um período de inatividade em 2008, devido à impossibilidade de obter visto de trabalho para o condutor que teria que ser contratado no exterior, as atividades foram reiniciadas em fevereiro de 2009, oferecendo atendimento para 7 (sete) adolescentes.

Em 2010, a entidade passou a manter o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Educação Condutiva Pássaros de Luz e ampliou o atendimento para 14 crianças e adolescentes, tendo um grupo de bebês e crianças até 8 anos e outro de adolescentes e jovens

A Associação Beneficente Pássaros de Luz é relativamente nova, mas possui uma proposta de ação clara, concretamente definida e inovadora em nosso país, com a potencialidade de prestar um serviço de grande relevância para milhares de famílias e de contribuir para a qualidade de vida e para abrir portas para a cidadania mais plena das crianças e adolescentes com sequelas de paralisia cerebral.

Anúncios